Cosmovisão Cristã e Social - Parte 1



Há vários textos na bíblia que alertam aos que conhecem a Deus quanto ao cuidado aos necessitados. Mas isso não está ali para que haja somente uma transformação social radical. Não acredito que o homem seja o responsável de destruir e aniquilar a pobreza da terra. Aliás, “nunca deixará de haver pobres na terra” porque quando leio:


Deuteronômio 15:11 - "Pois nunca deixará de haver pobre na terra; pelo que te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra".


Marcos 14:7 - “Quanto aos pobres, sempre os tendes ao vosso lado, e os podeis ajudar todas as vezes que o desejardes, todavia a mim nem sempre me tereis”.


João 12:8 - Quanto aos pobres, vós sempre os tereis convosco, mas a mim vós nem sempre tereis.


Acredito que a responsabilidade de um discípulo de Jesus está em partilhar daquilo que Deus concede generosamente, de tudo o quanto ele tem nos dado (de tudo) pois nada é nosso, tudo é d'Ele. A riqueza não deve embrutecer ou criar a sensação de autossuficiência, ou a pobreza de autopiedade, merecimento injusto e comiseração, pois em tudo dependemos da graça.


Então, precisamos servir ao próximo, com o bolso, com o ide e com tudo que temos. É nesse contexto que O EVANGELHO promove mudanças na sociedade, embora isso não seja o “alvo principal”.


Amo justiça social e caminhamos como comunidade para ajudar em tudo o quanto recebemos de fato. Porém, precisamos ter muito cuidado ao entrarmos na militância de uma chamada “justiça social”, e passamos a criticar os que “não fazem”, porque talvez em nome de uma causa justa e legítima começamos a nossa caminhada ao esquerdismo manifesto, seja na teologia da libertação, teologia da missão integral ou em outro nome que você gostaria de dar. Nossa crítica se dá, porque começamos a ler as Escrituras como um livro de programa de mudança social somente, e não podemos fazer do evangelho uma “interpretação” de justificativas para ás práticas políticas voltadas à sociedade.


Então, quando você estudar um contexto social, tome muito cuidado, pois ao invés de está sendo ensinado sobre a real necessidade de uma sociedade, você pode está sendo treinado a uma militância ideológica “esquerdista” exacerbada, alguém que vai radicalizar “a pobreza e mudar o mundo”, na realidade isso estabelece uma grande contradição, pois ser cristão é não pertencer ao mundo, mas ter a consciência de que estando no mundo, podemos ser um óculos, voz e ferramenta correta, ser a esperança que o próprio Deus está movimentado a uma consumação e restauração final gloriosa.



Pr. Aldair Queiroz


40 visualizações

MISSÃO PAIXÃO & COMPAIXÃO

Rua Visconde de Utinga,

nº 130 Flores - Manaus, AM

 

 

Telefones

(92) 3302-3719

(92) 98414-2556

 

Encontre-nos

Links

Prancheta 6.png

EMA

 

Prancheta 7.png
Prancheta 5.png
Prancheta 4.png

Receba Notícias por e-mail